Buscar
  • Comercial Tecsaude

Calibração, Verificação e Ajuste: Entenda as Principais Diferenças!



Para garantir que o parque tecnológico do hospital esteja funcionando corretamente, é necessário que os equipamentos médico-hospitalares sejam calibrados regularmente de acordo com as suas especificações e necessidades.


Atualmente, existem diferentes tipos de manutenção que podem ser executados em equipamentos hospitalares. Dessa forma, é imprescindível saber escolher qual é o tipo ideal para o seu aparelho naquele momento. Confira abaixo as principais diferenças entre os procedimentos de calibração, verificação e ajuste para sanar as dúvidas mais frequentes sobre o assunto.


Calibração


Calibração é o conjunto de operações que caracteriza a relação de concordância entre as medidas do instrumento em questão e as medidas padronizadas estabelecidas por órgãos nacionais e internacionais. A utilização deste método garante a confiabilidade e a segurança dos envolvidos durante a utilização dos equipamentos médico-hospitalares.


A norma ISO 9001:2015 designa o monitoramento da calibração dos instrumentos de medição para que os produtos fornecidos estejam de acordo com requisitos exigidos, além de evidenciar a importância de calibrar o equipamento médico-hospitalar em intervalos especificados.


Geralmente, as calibrações são realizadas por empresas especializadas ou laboratórios acreditados, ou seja, instituições que são auditadas por um órgão de confiança, como o Instituto de Pesos e Medidas (IPEM). A execução de calibração em equipamentos médico-hospitalares garante a confiabilidade de operação do aparelho, além de promover um ambiente seguro aos pacientes, operadores e profissionais do hospital.


Ao finalizar o procedimento, um certificado de calibração é emitido contendo todas as informações necessárias sobre o equipamento médico-hospitalar em questão. Esse conjunto de dados é definido pela NBR ISO/IEC 17025:2017, norma que rege os Sistemas de Gestão da Qualidade em laboratórios de metrologia.


Alguns exemplos de equipamentos médico-hospitalares que devem ser calibrados regularmente são Cardioversores, Eletrocardiógrafos e Ventiladores Pulmonares.


Verificação


Trata-se de uma calibração simplificada cujo objetivo é realizar testes em sistemas de medição a fim de verificar se eles estão de acordo com as especificações determinadas pelos órgãos nacionais e internacionais. Diferentemente da calibração, não há grande rigor metrológico e cálculo estatístico, logo, não é possível confiar certificado.


O procedimento de verificação pode ser útil para emitir laudos de avaliação cotidianos, além de ter a possibilidade de ser empregado em checklists de manutenções preventivas, por exemplo.


Ajuste


O ajuste é um procedimento de correção que deve ser executado quando o equipamento em questão não está operando de forma compatível com a utilização usual desse aparelho ou quando é necessário reparar algum erro detectado. Esse método é dividido em três tipos (automático, semi-automático e manual) e geralmente é efetuado por um técnico especializado.


Esse procedimento também pode ser realizados quando a calibração é executada e o equipamento hospitalar não está de acordo com as normas padrões estabelecidas. Sendo assim, é necessário realizar um ajuste para que o aparelho volta a funcionar em conformidade com as condições de uso.


A TECSAÚDE oferece serviços de calibração de diversos tipos de equipamentos com emissão de certificados rastreáveis a RBC em todo o território brasileiro, com disponibilidade de mais de 2.000 procedimentos técnicos. Entre em contato conosco para agendar uma reunião!


#ebem #tecsaude #calibracao

56 visualizações0 comentário